Esta é uma tradução portuguesa do excelente post do Kevin Kelly, fundador da revista Wired, que no seu 68° aniversário reuniu 68 dicas para "os mais novos", apresentados pela mesma ordem que no post original:

  • Aprende como ganhar conhecimento com as pessoas que discordam de ti, mesmo as que te ofendam. Vê se consegues encontrar alguma verdade naquilo que essas pessoas acreditam.
  • O entusiasmo vale 25 pontos de QI.
  • Exige sempre um prazo de entrega. Ter um prazo separa o que é normal do que é irrelevante. Impede-te de fazer algo perfeito, por isso tem de ser feito de forma diferente. Diferente é melhor.
  • Não tenhas receio de fazer uma pergunta que possa parecer imbecil porque 99% das vezes estão todos a pensar na mesma pergunta, mas ninguém a faz.
  • Conseguir ouvir e compreender bem é um super-poder. Quando estiveres a ouvir alguém que amas, pergunta "Há mais alguma coisa?" até que a resposta seja não.
  • Uma boa resolução de ano novo é aprender o suficiente sobre alguma coisa de tal modo que te pareça incrível o quão ignorante eras no ano anterior.
  • A gratidão desbloqueia-te todas as outras virtudes e é algo em que podes sempre melhorar.
  • Oferecer uma refeição é algo fácil e que nunca desilude. É poderoso para amigos de longa data e uma excelente forma de fazer novos amigos.
  • Nunca confies em cola universal.
  • Ler aos teus filhos é algo que te vai aproximar mais deles e vai aumentar a imaginação deles.
  • Nunca uses um cartão de crédito para crédito. O único tipo de crédito, ou dívida, que é aceitável é para adquirir algo cujo valor de venda se espera que aumente, como uma casa. O valor da maior parte das coisas diminui ou desaparece no momento em que as compras. Não contraias dívidas para coisas que diminuem de valor.
  • Os profissionais são amadores que sabem como recuperar graciosamente quando erram.
  • Acusações extraordinárias devem precisar de provas extraordinárias para serem credíveis.
  • Não sejas a pessoa mais inteligente na sala.  Convive e aprende com pessoas mais inteligentes que tu. Melhor ainda, encontra pessoas mais inteligentes que tu que discordem de ti.
  • Regra dos 3 durante conversas: para chegar à verdadeira razão, pede a alguém para aprofundar o que acabaram de dizer. E depois volta a fazer o mesmo. A terceira resposta estará próxima da verdade.
  • Não sejas o melhor. Sê o único.
  • Somos todos tímidos. As outras pessoas estão à espera que te apresentes, que lhe envies um email ou que as convides para um encontro. Aproveita.
  • Não leves a peito quando alguém te recusa algo. Assume que são como tu: ocupados, distraídos. É surpreendente o número de vezes que as segundas tentativas funcionam.
  • O objetivo de transformar algo num hábito é de remover essa ação da tua auto-negociação. Deixas de gastar energias a decidir se vais fazer. Fazes, simplesmente. Os bons hábitos vão desde dizer a verdade até usar fio dentário.
  • A rapidez é um sinal de respeito.
  • Enquanto ainda és novo, experimenta passar entre seis meses a um ano a viver de forma tão pobre quanto possível, com tão poucas posses quantas possível, comendo arroz ou feijão a partir de um quarto ou de uma tenda, para teres uma ideia do que é o "pior caso possível". Desta forma, quando tiveres de arriscar para tomar uma decisão não terás medo do pior desfecho.
  • Confia em mim: não existe "eles".
  • Quando mais interessado estiveres, mais interessante te vão achar. Para seres interessante, sê interessado.
  • Otimiza para a generosidade. Ninguém no seu fim de vida se arrependeu por dar demasiado aos outros.
  • Para fazer algo bom, simplesmente fá-lo. Para fazer algo ótimo, volta a fazer, volta a fazer e volta a fazer. O segredo para criar algo refinado é refazer algo.
  • A regra de ouro nunca te vai falhar. É a fundação de todas as outras virtudes.
  • Se estás a procura de alguma coisa pela casa, quando finalmente a encontrares, não a coloques no sítio onde encontraste, coloca no primeiro sítio que procuraste.
  • Poupar e investir dinheiro são ambos bons hábitos. Pequenas quantias de dinheiro investido regularmente e durante décadas é um dos caminhos para a riqueza.
  • Cometer erros é humano. Admitir os próprios erros é divino. Nada eleva uma pessoa como admitir rapidamente e tomar responsabilidade por um erro cometido e depois emendá-lo justamente. Se fizeste asneira, confessa. É impressionante o poder que te dá.
  • Nunca te envolvas numa guerra terrestre na Ásia.
  • Podes obcecar-te com servir os teus clientes/seguidores e podes obcecar-te com ser melhor que a concorrência, mas entre os dois, obcecar-te com os teus clientes vai levar-te mais longe.
  • Aparece. Continua a aparecer. Alguém bem sucedido uma vez disse: 99% do sucesso é apenas aparecer.
  • Separa o processo de criação do processo de melhoramento. Não podes simplesmente escrever e editar, esculpir e polir, ou construir e analizar ao mesmo tempo. Se tentares fazê-lo, o editor mata o escritor. Quando inventares, não seleciones. Quando desenhares um esboço, não inspeciones. Quando escreveres o primeiro rascunho, não reflitas. No início, a mente criativa deve estar livre de julgamento.
  • Se não fores ao fundo de vez em quando, estás só a navegar na costa.
  • Talvez a verdade mais contra-intuitiva do universo é que quando mais dás aos outros, mais recebes. Compreender isto é o início da sabedoria.
  • Os amigos são melhores que dinheiro. Quase tudo o que o dinheiro consegue fazer, os amigos fazem melhor. Em muitos aspetos, é melhor ter um amigo com um barco do que ter um barco.
  • Isto é verdade: é difícil trair um homem honesto.
  • Quando se perde um objeto, 95% das vezes está num raio de um metro do local onde foi visto pela última vez. Procura em todos os sítios nesse raio e vais encontrá-lo.
  • Tu és definido pelo que fazes. Não pelo que dizes, nem pelo que acreditas e não pela forma como votas, mas sim pela forma como gastas o teu tempo.
  • Se estiveres num hotel e te esqueceste de um cabo, adaptador ou carregador, fala com a receção. A maior parte dos hotéis tem gavetas cheias de cabos que ficaram esquecidos por outros, e provavelmente têm aquele que procuras. Muitas vezes até podes ficar com ele.
  • O ódio é uma maldição que não afeta quem é odiado. Apenas envenena quem odeia. Livra-te do teu ódio e rancor como se fosse um veneno.
  • Não existe limite para o melhoramento. O talento está distribuído injustamente, mas não há limites para o quão podemos melhorar aquilo com que começamos.
  • Prepara-te: quando estiveres a 90% de concluir um grande projeto (uma casa, um filme, um evento, uma app), todos os pequenos pormenores vão demorar outros 90% a terminar.
  • Quando morres não levas nada contigo a não ser a tua reputação.
  • Antes de chegares a velho, vai a tantos funerais quantos consigas suportar e ouve as pessoas. Ninguém fala das metas cruzadas. A única coisa que as pessoas recordam é que tipo de pessoa eras enquanto estavas a cruzar as metas.
  • Por cada euro gasto a comprar algo substancial deves esperar gastar outro euro em custos de manutenção, reparação, ou de destruição no final da sua vida.
  • Qualquer coisa real começa com a ficção do que podia ser. Por esta razão, a imaginação é a força mais poderosa do universo, e algo que podes melhorar. É uma habilidade que beneficia de ignorar o que os outros sabem.
  • Quando acontece um desastre ou uma crise, não os desperdices. Sem problemas não há progresso.
  • Quando estiveres de férias vai ao local mais remoto primeiro e ignora as cidades. Vais maximizar o choque de um local remoto e depois vais sentir-te bem a voltar para os confortos das cidades no teu regresso.
  • Quando receberes um convite para algo no futuro, pergunta a ti próprio: será que aceitavas este convite se estivesse marcado para amanhã? Não há muitas promessas que aguentem este filtro de urgência.
  • Não digas coisas sobre alguém por email que não te sentisses confortável a dizer diretamente porque eventualmente essa pessoa vai ler.
  • Se precisas de um trabalho desesperadamente, és só mais um problema para um patrão; se conseguires resolver muitos dos problemas que o patrão tem agora, estás contratado. Para ser contratado, pensa como o teu patrão.
  • Existe arte naquilo que se deixa de parte (e.g. num produto).
  • Adquirir coisas raramente te dará satisfação profunda. Mas adquirir experiências irá dar-te essa satisfação.
  • Regra dos 7 na investigação: Podes descobrir aquilo que queiras desde que estejas disposto a seguir 7 níveis. A primeira fonte a quem perguntares que não saiba a resposta, pergunta-lhes a quem podes perguntar a seguir, e por aí adiante. Se estiveres disposto a chegar ao sétimo nível, quase sempre obterás a tua resposta.
  • Como pedir desculpa: rapidamente, especificamente e sinceramente.
  • Nunca respondas a uma solicitação ou oferta por telefone. A urgência é um disfarce.
  • Quando alguém é rude, rancoroso ou mau para ti, finge que essa pessoa tem uma doença. Isto ajuda-te a sentir empatia perante eles, que pode ajudar a diminuir o conflito.
  • Eliminar a desarrumação e desordem arranja espaço para os teus verdadeiros tesouros.
  • Tu não queres mesmo ser uma pessoa famosa. Lê a biografia de um famoso qualquer.
  • Os anos de experiência não contam assim tanto. Quando estiveres a contratar, contrata pela aptidão e treina as habilidades. A maior parte das coisas fantásticas são feitas por pessoas que estão a tentar pela primeira vez.
  • Umas férias + um desastre = uma aventura.
  • Sobre a compra de ferramentas: começa por comprar as ferramentas mais baratas que consigas encontrar. Substitui as ferramentas que usares mais por umas melhores. Se usares alguma ferramenta para um trabalho, compra o melhor que conseguires.
  • Aprende a fazer uma power-nap de 20 minutos sem vergonha.
  • Seguir o que te faz feliz é uma receita para estagnar se não souberes o que te apaixona. Um lema melhor para os jovens é "amestra algo, qualquer coisa". Através da mestria de algo, podes encontrar extensões dessa mestria que te trazem mais felicidade.
  • Tenho a certeza que daqui a 100 anos a maior parte do que eu sei que é verdade hoje será provado que está errado, talvez embaraçosamente errado, e eu estou a fazer um grande esforço para descobrir aquilo em que já hoje estou errado.
  • A longo prazo o futuro é decidido por otimistas. Para ser um otimista não precisas de ignorar todos os problemas que criamos; só tens de imaginar como melhorar a nossa capacidade de resolver problemas.
  • O universo está a conspirar nas tuas costas para te tornar um sucesso. É bem mais fácil se conseguires abraçar esta pronoia.